Projetos em Execução



1) Projeto Conservação Recifal (PCR) – Coordenador Geral

   Ir para o site do Projeto

O projeto realiza ações de conservação nos ecossistemas recifais no Nordeste do Brasil - uma área de grande importância para a biodiversidade marinha. O Nordeste do Brasil possui as unias formações recifais de todo o Oceano Atlântico Sul. O projeto objetiva especificamente: 1) Capacitar os membros da comunidade para atuar como agentes de campo e para supervisão da área dos recifes, 2) Fiscalizar e monitorar a área para evitar impactos causados pelo turismo; 3) Divulgar material de educação ambiental para projetos de conservação entre eles "Conduta Consciente em Ecossistemas recifais", 4) Realização de mergulhos para censo visual analisando peixes e corais para entendimento de processos ecológicos e acompanhar possíveis modificações na estrutura da comunidade relacionadas às mudanças climáticas (por exemplo, branqueamento de corais)..

2) Post Doc – Importância da qualidade do habitat nos processos ecológicos em comunidades de peixes recifais



O presente projeto visa compreender o papel da qualidade do habitat (e.g. comunidades bentônicas) nos processos ecológicos como recrutamento, especialização e competição em comunidades de peixes recifais do Nordeste do Brasil. Sendo assim, o conceito de patch reefs será introduzido, como modelo de experimento de campo, pela primeira vez em pesquisas com em recifes de corais no litoral brasileiro.



  Projetos Concluídos



1) Conservação através de pesquisa e ações com a comunidade local do peixe papagaio, Scarus tripsonosus, uma espécie endêmica e ameaçada dos recifes brasileiro.

   Ir para o Projeto

O presente projeto visa garantir a preservação do peixe papagaio, Scarus tripsonosus, usando pesquisa e ações com a comunidade local. Observações subaquáticas serão realizadas para determinar a distribuição espacial e temporal da espécie durante diferentes fases de vida. Além disso, observações com comportamento alimentar serão realizadas para melhor compreender o papel ecológico da espécie nos recifes de corais do Brasil. A comunidade local e os pecadores também serão peça chave na conservação da espécie. Através da documentação do conhecimento ecológico local (CEL) com pescadores visamos monitorar o status da população no estado e Pernambuco e entender a suposta evidente diminuição da quantidade de indivíduos observada recentemente. Também iremos promover ações de educação ambiental para garantir a preservação do bico-verde (budiao azul), Scarus tripsonosus.

2) Projeto de Doutorado - James Cook University (JCU)



Suporte Financeiro - Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico - CNPq

Competição, seleção de habitats e "imprinting" ecológico em peixes residentes de corais do gênero Gobiodon

Os objetivos do presente projeto são investigar a relação entre a competição por recursos, seleção de habitas e "imprinting" ecológico para peixes do gênero Gobiodon. A pesquisa irá combinar experimentos de laboratório com trabalhos de campo e assim compreender as questões ecológicas envolvidas. Gobiodon spp. serão criados e reproduzidos em aquários, posteriormente serão analisados os padrões de seleção/ competição por habitat; além de análises sobre a existência de "imprinting" ecológico. Trabalhos de campo (Lizard Island Research Station) irão correlacionar analisar a distribuição espacial e agregação com fatores ambientais.

   Clique aqui para baixar a Tese 3) Conservação de um complexo recifal ameaçado por impactos do turismo e mudanças climáticas no Nordeste do Brasil - "Projeto Conservação Recifal"

Suporte Financeiro - Rufford Small Grants for Nature Conservation (RSGs) - £ 5800

   Ir para o Projeto

Este projeto visa realizar ações de conservação em um complexo recifal costeiro no Nordeste do Brasil (Tamandaré - Pernambuco) uma área de grande importância para a biodiversidade marinha. Os objetivos especifcos do projeto sao: 1) Capacitar os membros da comunidade para atuar como agentes de campo realizando o monitoramento da área recifal, 2) Fiscalizar e monitorar a área para evitar impactos causados pelo turismo; 3) Divulgar material de educação ambiental para projetos de conservação entre eles "Conduta Consciente in Ecossistemas recifais" e "Projeto Conservação Recifal", 4) Realizaça de censos visuais subaquáticos de peixes e corais para acompanhar possíveis modificações na estrutura da comunidade relacionadas às mudanças climáticas (e.g branqueamento de corais).

4) Elaboração de um Guia da Biodiversidade Marinha da APA Costa dos Corais"

A APA Costa dos Corais abrange 135 km de costa no Nordeste do Brasil e foi a primeira unidade de conservação marinha a incluir o ecossistema recifal para preservação. Além disso, é a maior área de conservação de usos multiplos do Brasil, com aproximadamente 413.563 hectares. Este projeto visa desenvolver um guia para a identificação de espécies e ampliação do conhecimento relacionado a quatro grandes grupos de biodiversidade marinha da APA Costa dos Corais, que são: algas, corais, crustáceos e peixes.



   Baixar Demo do Guia
   Adquirir Guia 5) Análise remota do uso de estruturas artificiais Vs. naturais por peixes no estuário do Rio Formoso (PE).

Câmeras de alta resolução (GoPros) estão sendo utilizadas para analisar o uso da ictiofauna no estuário do Rio Formoso (litoral Norte de Tamandaré). As câmeras serão colocadas periodicamente em diferentes áreas do estuário (na foz e próximo ao mangue) para correlacionar o use de espécies estuarinas e recifais em diferentes locais. Alem disso, esta sendo realizada uma comparação entre uso de estruturas artificiais (pier) Vs. naturais (raízes de mangue) por peixes no estuário do Rio Formoso (PE).



   Baixar arquivo PDF do paper
© Todos os direitos reservados, Pedro Henrique Cipresso Pereira, 2014